Categorias: Cachorros

O que é Parvovirose e como prevenir

A parvovirose canina (PVC) é uma doença viral que pertence a família Parvoviridae, que acomete caninos, principalmente os filhotes de cães não vacinados de 6 semanas a 6 meses.  A parvo acomete principalmente o trato gastrointestinal e pode também afetar o  músculo cardíaco de  filhotes.

parvovirose-canina-sangue-fezes-vira-lata

Cães que não foram vacinados ou com o esquema vacinal incompleto, são os mais predispostos a se contaminarem com o vírus. Os filhotes podem se contaminarem com o vírus entre o desmame e o quarto mês de idade. A transmissão é feita através do contato direto por intermédio das fezes de cães infectados. A sintomatologia apresentada é diarreia intensa com ou sem sangue, vômito, anorexia, apatia, febre e muitos cães podem vir a óbito em um curto período de tempo.  O vírus é muito resistente as condições ambientais, a substâncias químicas  e pode sobreviver por muito tempo no ambiente, por isso, deve-se esperar alguns meses antes de adotar outro cão e colocá-lo em um ambiente contaminado.

A doença se manifesta com episodio severo de diarreia, que pode ser sanguinolenta ou não, vomito, febre, depressão e perda de apetite.  Os sinais clínicos geralmente aparecem de 2 a 4 dias após a exposição inicial e os cães infectados podem desidratar-se rapidamente e vir a óbito em 24 ou 72 horas após o aparecimento dos sinais clínicos.

O diagnóstico é feito pelo Médico Veterinário através dos sinais clínicos  e análises laboratoriais.  Não há um tratamento especifico para o vírus, porém os animais infectados precisam iniciar o tratamento imediatamente após o diagnostico.  O tratamento preconizado se baseia em evitar a desidratação repondo a perda de eletrólitos e líquidos, controlo do vômito e prevenindo as infecções secundárias. Os cães enfermos devem manter-se abrigados e com uma boa alimentação e separados de cães saudáveis. É essencial a limpeza e desinfecção dos canis e outras áreas onde os cães se alojam para controlar a dispersão do vírus.

A prevenção da Parvovirose se da através do correto esquema vacinal, onde cães com 45 dias de idade recebem a 1° dose da vacina de um total de 3 doses, depois, a vacina é uma única dose anualmente.  Durante o a realização do esquema vacinal deve-se evitar levar o filhote para passear na rua, lugares onde há aglomerações de cães, hotéis de cães e petshops. Muitos canis e hotéis caninos exigem que as vacinas estejam em dia para reduzir a exposição dos cães ao vírus.

 

REFERENCIAS

OLIVEIRA, Eduardo C. et al. Nálise imuno-histoquímica de cães naturalmente infectados pelo parvovírus canino1. Pesq. Vet. Bras., Porto Alegre, v. 2, n. 29, p.131-136, fev. 2009.

ANGELO, Gabriel; CICOTI, Cesar Augusto Ramos; ZAPPA, Vanessa. PARVOVIROSE CANINA – REVISÃO DE LITERATURA. Revista CientÍfica EletrÔnica de Medicina VeterinÁria, Garça- SP, jan. 2009.