Categorias: Cachorros, Gatos, Pesquisa e Inovação

Radiologia em Doenças do Coração nos Pequenos Animais

O exame radiográfico de tórax é um dos exames complementares mais requisitados na Clínica Médica de Pequenos Animais, isto pelo acentuado número de casos de doenças respiratórias e/ou cardíacas. O exame fornece subsídios essenciais para avaliação e diagnóstico destas alterações, bem como sugere o prognóstico e o tratamento a ser instituído, servindo como meio de acompanhamento da evolução das doenças.

As cardiopatias (figura 1), principalmente em cães, estão entre as doenças mais diagnosticadas, sendo a Radiologia de fundamental importância na contribuição ao diagnóstico.

cardiopatias-radiografia-veterinario-vira-lata-indaial

Figura 1: Radiografia de tórax laterolateral de cão correspondendo a uma cardiopatia, com silhueta cardíaca globosa, traqueia com diminuição de lúmem e trajeto deslocado dorsalmente, e edema cardiogênico.

O guardião deve estar sempre atento aos sinais clínicos do cão que apresenta alguma cardiopatia: tosse, dificuldade em respirar, alteração de comportamento, falta de apetite, perda ou ganho de peso, desmaios e fraqueza.

Existem algumas doenças cardíacas em cães, como: Doença Valvular Adquirida, Cardiomiopatia Dilatada, alterações congênitas, Hipertrofia do Ventrículo Esquerdo, neoplasias e efusão pericárdica.

A Degeneração Valvular Adquirida acontece em maior porcentagem na válvula mitral (lado esquerdo do coração), responsável pelo sopro cardíaco, e sendo mais comum em animais de pequeno porte. A Cardiomiopatia Dilatada caracteriza-se pela redução da contração do músculo cardíaco, com ou sem arritmias, e haverá a dilatação das câmaras cardíacas; essa doença é mais comum em animais de médio e grande porte.

Já em felinos, a doença cardíaca mais comum é a Cardiomiopatia Hipertrófica Felina. É uma alteração definida pelo aumento do músculo cardíaco. O guardião deve estar sempre atento e realizar check-ups anuais, pois os felinos podem ser até assintomáticos no decorrer da doença.

Autora: Dra Bianca Elisa Sucharski.